Plataforma lança programa de voluntariado voltado para Primeira Infância

Estão abertas as inscrições para os interessados em participar como voluntários do Primeira Infância Plantar Amor (PIPA). O Programa de Voluntários PIPA é voltado a profissionais que visam trabalhar com a primeira infância inspirando cuidadores a desenvolverem habilidade e competência nos pilares de apoio emocional, saúde e alimentação. O Pipa é um negócio o social dedicado aos cuidadores (primários) de crianças com idade entre 0 a 3 anos, filhos de colaboradores das empresas parceiras. A inscrição já pode ser realizada através do site do PIPA ou através do Google Doc.


“O Pipa é uma rede do bem. Todos os profissionais que desejem destinar um pouco de tempo semanal ou mensal para as famílias participantes estarão realizando um bem enorme e associando sua marca com a nossa inciativa, divulgado em nossas redes sociais. Seja um voluntário e plante amor com a gente”, convidou o diretor-executivo do PIPA, Rogério Morais.


O voluntário ganhará certificado, postagens nas redes sociais e pode também ter sua marca na apresentação institucional, site e redes sociais como parceiro. Além disso, será firmado um Termo de Adesão e serão cumpridos todos os termos previstos na Lei do Voluntariado (Lei n.º 9.608 de 1998).


O PIPA conta com o acompanhamento individualizado de facilitadores sociais multidisciplinares (pedagogas, psicólogas e enfermeiras) para potencializar a transformação de comportamento segundo o contexto familiar. A plataforma atende famílias nos municípios do Recife, Caruaru, Santa Cruz, Garanhuns, Belo Jardim e Igarassu.


“A estratégia ainda envolve uma plataforma digital com jornadas e desafios de aprendizagem para o desenvolvimento de competências parentais nos pilares da saúde, alimentação e apoio emocional. As empresas podem oferecer esse benefício como investimento ao colaborador, impactando no aumento da produtividade, diminuição da rotatividade e melhora no ambiente de trabalho”, explicou Morais.


leia na folhape



1 visualização0 comentário